O Brasil será totalmente fluorescente em 2016

lampadas
Hoje em dia está cada vez mais comum comprar lâmpadas fluorescentes. Mas ainda existe no mercado um número razoável de lâmpadas incandescentes, devida a dificuldade que algumas pessoas têm em se adaptar de forma rápida aos produtos novos.

Mais econômica, porém, mais cara! Talvez esse seja o principal motivo da resistência na troca, o gasto no bolso. É preciso entender que o gasto de agora é a economia de amanhã, e que o valor empregado nas lâmpadas será recuperado com o tempo, em forma de economia na conta de luz.

Fomos atrás de uma explicação mais técnica e com um profissional da área de energia, e encontramos uma matéria no Portal Terra, que esclareceu todas as dúvidas sobre a eficácia das trocas e nos trouxe a notícia de que, segundo portaria emitida no final de 2010 pelos ministérios de Minas e Energia, da Ciência e Tecnologia e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em 2016 as lâmpadas incandescentes sairão do mercado, ou seja, se não começar agora a adaptação, terá que ser de uma única vez quando chegar 2016.

Portaria
As portarias nº 1.007 e 1.008, de 31 de dezembro de 2010, determinaram a substituição gradual das lâmpadas incandescentes. No final de 2012, por exemplo, deixaram de existir aquelas de 150 W e 200 W.

Em entrevista para o Portal Terra, Gilberto De Martino Jannuzzi, professor em sistemas energéticos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), ressaltou a questão do gasto, que seria a maior barreira, já que a diferença de cor é pequena e o formato é suportado pela maioria das luminárias. Mas o preço tende a diminuir: “A diferença já foi de dez vezes. No mundo inteiro, aumentou demais a escala de produção. Nas grandes companhias de lâmpadas, a maior parte da produção é de lâmpadas fluorescentes. Isso fez com que barateasse o custo unitário. E, lógico, o processo industrial melhorou, havendo um ganho de eficiência.”, explica.

Veja a matéria completa no Portal Terra: Trocar lâmpada incandescente por fluorescente gera economia

 

Por Cinthia Almeida – Equipe Ligação Home Center – Site: www.ligacao.com.br

Lavar roupa com glamour?!

Cesto de Roupas

Quando estamos montando a casa, pensamos em cada detalhe, não é? Quarto, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. Nada pode ficar de fora, e hoje vamos falar um pouco de um espaço, que apesar de entrar na lista, sempre fica por último e com carinha de “fundos do apartamento ou casa”, estou falando da Lavanderia.

A decoração de cada cômodo é planejada, estudada, analisada, desenhada, redesenhada e quando chegamos à lavanderia, a gente olha e diz: “Ah, colocamos um armário aqui, a máquina ali e está tudo certo!” Será mesmo que só podemos fazer isso? Que tal ter uma lavanderia alinhada com a decoração da casa?

Pensando em dicas de decoração para esse “cantinho” do lar, onde as roupas são cuidadas com muito amor, a Ligação Home Center foi pesquisar e encontrou uma matéria muito bacana no site Revista Casa Linda, onde você pode aproveitar 6 sugestões de projetos para deixar a lavanderia agradável e bonita.

LavandariaAs dicas são as mais diversas, onde você pode usar prateleiras de madeira ao invés de armários, cestão de roupa suja para manter a organização, lâmpadas dicroicas para dar aquele toque na iluminação, cabideiro para facilitar na hora de passar roupas que precisam ir direto para o cabide, varal de chão sem o aspecto de bagunça e chão molhado, varal de teto para otimizar espaço entre outras, e tudo isso em lavanderias pequenas e até integradas com a cozinha! Não é incrível? 😮

Arquiteta dos projetos: Camila Klein. A matéria “Lavanderia em Destaque!” está imperdível! #BoaLeitura 😉

Por Cinthia Almeida – Equipe Ligação Home Center – Site: www.ligacao.com.br

Sofá, limpeza e cuidados para garantir conforto e durabilidade

decoração-de-sala-de-estar

Sempre que pensamos em montar uma sala bacana, a primeira coisa que nos vem na cabeça é o sofá! Tudo gira em torno dele, afinal, ele é o “por star” da sala.

Cores das paredes, mesa de jantar, móveis auxiliares, objetos decorativos, tapete e até a luminária têm que combinar ou pelo menos estar em harmonia com o sofá escolhido.

E como toda celebridade, o sofá tem que ser bem cuidado, pois ele recebe seus visitantes e proporciona conforto para família, na hora do descanso ou lazer.

Por isso que a limpeza e a manutenção correta dos sofás são fundamentais para manter conservado e com aquela carinha de novo. E como queremos ajudar no cuidado TOP, pesquisamos algumas dicas que vão ajudar! 😉

A limpeza básica deve ser feita semanalmente. Dessa forma a poeira, pelos e umidade não se acumularão no sofá. Ao derramar qualquer tipo de líquido no estofado, o ideal é imediatamente limpá-lo com um pano seco. No caso de limpezas pesadas, recomenda-se realizá-las no intervalo de um ano e se possível contratar uma empresa especializada, vale a pena o investimento.

Não sei se devo limpar a seco ou com pano úmido?

aspirador-de-po-pequeno
O tipo de limpeza a ser escolhido dependerá do material que o sofá é feito. Atualmente estão disponíveis no mercado sofás feitos em grande diversidade de materiais: algodão, couro, linho, camurça, veludo, napa, courino, entre outros.

Por isso, antes de realizar a limpeza é necessário saber exatamente qual é o tipo de material do sofá. Também é importante verificar a etiqueta na parte inferior do sofá, onde se encontram os símbolos de instrução de limpeza.

Comece a limpeza usando o aspirador de pó, para tirar resíduos sólidos que ficam nos cantinhos e costuras, ou uma escova de cerdas macias para eliminar a poeira e sujeira que estiver sobre ele. Veja a limpeza para os mais diversos tipos tecidos

Observações:

Produtos: Não é recomendado utilizar produtos que contenham cloro. O uso do sabão em pó também não é adequado para a limpeza dos sofás. Na dúvida, utilize detergente líquido neutro ou um produto específico para limpeza de estofados.

Manchas: Por ser um local de grande circulação, é comum ocorrer algumas manchas no sofá. A primeira coisa a se fazer é limpá-la imediatamente. Isso irá facilitar a limpeza e remoção. Saiba como remover os principais tipos de manchas. Veja como retirar as mais diversas manchas

NÃO ESQUEÇA!

cafe-derramado– Além dos produtos caseiros, é possível também usar produtos próprios para sofás, como protetor de tecidos que retarda o contato do líquido com o tecido, e com isso a limpeza pode ser feita sem danos.

– Lenços umedecidos são grandes aliados na limpeza do sofá.

– Para manter o estofado limpo por mais tempo evite comer no sofá.

– Para evitar manchas de copos, coloque mesas próximas ao sofá ou suportes que podem ser deixados nos braços do mesmo.

– Salpicar bicarbonato de sódio sobre o sofá e deixar agir por 30 minutos ajuda na limpeza e eliminação de odores. Essa técnica é ideal para pessoas que tem animais em casa e são alérgicas.

– Higienizadores a vapor são ótimas opções para a limpeza dos estofados.

Agora você já pode ficar tranquila e aproveitar que seu programa favorito vai começar!!! #BomDescanso #RelaxndoNoSofá

mulher-sentada-no-sofa-vendo-tv-1299715197701_956x500

Por Cinthia Almeida – Equipe Ligação Home Center – Site: www.ligacao.com.br

Cuidado com o degrau!

uso-da-fita-antiderrapante

Quem nunca ouviu essa advertência quando se aproximou de algum local com escada quase imperceptível? Uma boa sinalização é o ideal para garantir a segurança das pessoas. Principalmente quando falamos de acidentes, escorregar em uma escada não é algo tranquilo, aliás, em nenhum lugar!

Hoje vamos falar sobre os cuidados que devemos ter com as escadas dos condomínios, empresas e todo tipo de ambiente, pois a escada é um dos lugares mais perigosos, onde o menor escorregão pode trazer sequelas graves.

Uma das opções para garantir a segurança são as fitas antiderrapantes, que são colocadas nas pontas dos degraus. Para colocá-las, você pode pedir a ajuda de um profissional, ou seguir as dicas abaixo:

1 – Caso as fitas não venham cortadas, basta medir o degrau que será aplicado e recortar do tubo de fita o tamanho exato. Se vierem cortadas e o degrau for maior, basta completar.

2 – Limpar muito bem a superfície onde será aplicada a fita. O ideal é o uso de desengordurante ou um pano molhado com álcool.

 3 – Com o local seco, coloque as tiras horizontalmente nos degraus. As fitas são ásperas, deve-se tomar cuidado para não machucar as mãos.

4 – Dica para que durem mais tempo coladas: arredondar as pontas para que elas não se desprendam.

5 – Você pode reforçar a segurança, caso veja a necessidade, colocando duas fitas no mesmo degrau.

tumblr_l7v5iymr2v1qcsoeko1_500_largeO importante é ter um local inteiramente seguro, seja em casa, onde a circulação de pessoas é menor, ou nos ambientes de trabalho e lazer. Afinal, a gente nunca sabe quem pode querer subir ou descer as escadas. Ter corrimão firme e manter a manutenção em dia, evita acidentes e garante a tranquilidade no ir e vir de cada dia! 😉

Por Cinthia Almeida – Equipe Ligação Home Center – Site: www.ligacao.com.br